Precisamos falar sobre Luan

Admirado por uns, contestado por outros. Colecionador de sentimentos ambíguos de amor e ódio. E foi assim, nesse trajeto percorrido entre os dois extremos, que, em 2017, o artilheiro do Tricolor na temporada foi eleito Rei da América. A tradicional pesquisa do jornal El País, divulgada em 31 de dezembro, confirmou que o camisa 7 havia sido eleito o melhor atleta do continente com quase 50% das indicações. Antes disso, ele já ostentava o título de melhor jogador da Copa Conmebol Libertadores, da qual o Grêmio saiu tricampeão. Com tantos reconhecimentos, me obrigo a refletir sobre minhas constatações. Definitivamente, não estou percebendo Luan com os mesmos olhos do restante do mundo.

Um jogador mediano, com picos de atuação de excelência: raramente vi Luan diferente disso. Sempre oscilei sobre confiar em uma regularidade de desempenho. Nunca compartilhei de tamanho entusiasmo sobre seu futebol nem fiz muita questão de sua permanência no Grêmio. Desconfio de jogador que despenca de rendimento em jogos decisivos, justamente quando o time mais precisa dele. Grandes jogadores não conseguem manter o alto nível em todas as partidas que disputam, sei disso. Em compensação, não fogem a certo grau de “qualidade”, por assim dizer. Um Messi, por exemplo, pode não estar no seu melhor dia, entretanto não ficará apático em campo nem errará quase todos os passes que der na disputa mais importante da década. Mas devo estar errada. Só posso estar errada. Não é possível que um jogador comum seja eleito o melhor da América.

Tenho esperanças para 2018. Se sou capaz de enxergar a brilhante atuação de Marcelo Grohe na temporada passada, especialmente na Copa Libertadores, de reconhecer a importância de Arthur para a qualidade do passe gremista e de admirar a monstruosidade de Geromel na defesa Tricolor, então não deve ser difícil reconhecer a genialidade de Luan. Ainda estou longe, mas estou no caminho. 

Coluna escrita pela jornalista Daniele Freitas 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027