Sérgio Cabral seria o maior corrupto da nossa história?

Sergio de Oliveira Cabral Santos Filho, ex-governador do Rio de Janeiro pelo PMDB, pode ser considerado o maior corrupto da historia? Em matéria de rapinagem é fera e se credencia ao título. Até pode ter outros, mas dificilmente deixará o topo.

O que leva um cara (foi cogitado como candidato a presidente) a se prostituir a esse nível? Ganância? Certeza de impunidade? Ou as duas coisas.

Filho do jornalista e político Sérgio Cabral (também fundador do Pasquim que foi preso na ditadura), recebeu de herança uma aura que poderia leva-lo aos píncaros da glória e, simplesmente, optou por mergulhar no esgoto cloacal?!

Ninguém sabe ao certo todas suas sacanagens, nem a quantia da grana roubada. Em agosto de 2017 apontavam que ele e a mulher Adriana Ancelmo, tinham surrupiado cerca de 386 milhões (a ex-mulher, Susana Cabral, fica com a mixaria de um milhão e ninguém sabe quanto os filhos levaram). No fim do ano novos cálculos reiteravam que o moço é fogo e a quantia saqueada ia 580 milhões. Pelo ímpeto de rapinagem ilimitado entendidos dizem que Cabral já embolsou R$ 1 bilhão em propina: “procuradores acham que não é possível, ainda, conhecer toda rede criada para roubar os fluminenses”

Denunciado por corrupção passiva, lavagem de grana, evasão de divisas, associação criminosa, fraude em licitação, abuso de poder econômico, formação de cartel Cabral Filho só foi condenado em 5 dos 28 processos contra ele, e sua pena já passa de 100 anos. Cabral recebeu propina de obras de construção civil, saúde, transportes, alimentação e de outros setores do governo de serviços terceirizados. É fantástico, o cara passou dois mandatos só saqueando a grana do povo. Foi tanta propina que doleiros cariocas chegam pedir ajuda a colegas de outros estados para “lavagem” mais eficiente.

A situação de caos do Rio tem tudo a ver com desmandos de Sérgio Cabral (com Antony e Rosinha Garotinho também, pois os três já foram “carne e unha”). Aliás, alguém já disse que uma “maldição parece rondar o Palácio Guanabara”: desde que os fluminenses voltaram a eleger governadores, em 1983, nove políticos foram eleitos, sendo que três estão presos e denúncias rondam outros três (dois já morreram).

Essa trajetória do Cabral, o que ocorre em outros estados e os fatos deprimentes de rapinagem de Brasília (onde as cúpulas de todos partidos que estiveram no governo desde Collor chafurdam na lama) exigem que a corrupção se torne crime hediondo.

A corrupção é crime hediondo porque pessoas morrem em hospitais sem leitos médicos, remédios; porque rouba o futuro de gerações que não têm escolas eficientes; porque impede de equipar o setor da segurança pública (o que dá vez a essa bandidagem que nos encurrala); por surrupiar a chance de ter infraestrutura moderna em estradas, portos, aeroportos e ferrovia que estimule nosso desenvolvimento econômico e social.

Se isso tudo isso não bastasse para em infelicitar o país intelectuais, professores, dirigentes universitários – a grande maioria dita de esquerda – ressuscitaram a máxima de um grande corrupto do Século passado (Adhemar de Barros): “rouba mas faz”.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027