Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Sobre o centenário Hospital São Vicente de Paulo

Ivaldino Tasca. Jornalista ([email protected])

O Hospital São Vicente de Paulo surgiu em 1918. Modesta construção de 240 m2 na esquina da área onde está o EENAV, abrigou três camas. Por obra de vicentinos – movimento católico – e liderança do Padre Rafael Iop veio atacar a gripe espanhola (pandemia que fez mais de 50 milhões de vitimas no mundo) e por muito tempo manteve-se através “de generosas esmolas”.

Essa instituição comunitária católica sem dono é majestosa obra coletiva. Sem força de expressão se tornou o que é hoje pela ação denodada de milhares de pessoas. Sim, sim, anote isso, são milhares de pessoas. Uma imensidão de pessoas anônimas, incontáveis sem receber um centavo pelo trabalho, deram valiosa contribuição para viabilizar e consolidar o hospital.

Entre os conhecidos que trabalharam sem nada receber estão os empresários que o presidiram: Luiz Morsch, Felice Santa, Gentil Rebechi, Plinio Grazziotin, Dionísio Tedesco. Eles implantaram gestão empresarial vital para chegar ao atual patamar.  Mais, o Hospital São Vicente de Paulo dificilmente chegaria onde está, sem o trabalho tipo 24 horas por dia das religiosas das congregações das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora e das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo – Scalabrinianas.

Sua trajetória centenária está no rol das epopeias.

Citarei algumas coisinhas sobre tal caminhada. Quando muitos deram as costas para a nascente Faculdade de Medicina da UPF o São Vicente, por ousadia do então bispo Dom Cláudio Colling, aceita o desafio e vira hospital escola. Síntese disso? Sem a Medicina a UPF não seria o que é; sem a UPF Passo Fundo não chegaria aonde chegou como polo regional, e sem tudo isso o município não seria o terceiro polo de saúde do Sul do Brasil. Quer dizer: somos o que somos pelos tropeiros, o trem, a UPF e o HSVP!

Cito dado de extrema delicadeza: os três leitos de 1918 são 695 em 2018 e, para ilustrar, desde 2015, enquanto mais de 800 leitos foram fechados para usuários do SUS no Estado para que os hospitais equilibrassem suas contas o HSVP, no período, abriu mais 15 para tais pacientes. Anotem: 1) os 240 m2 de ontem são agora mais de 64 mil m2 de área construída; 2) são mais de 700 médicos ali atuando; 3) são cerca de 3.700 funcionários (dentro de Passo Fundo o HSVP é o maior empregador). Para não cansar com números cito mais dois: em 2017 foram mais de 40 mil internações e 2.149.048 exames realizados no Centro de Diagnóstico – em suas dependências diariamente  circulam cerca de 8 mil pessoas.

Não faz muito comparei números do Hospital de Clínicas Porto Alegre, top de linha no RS, com o HSVP. Vamos repetir: o Clinicas tem 842 leitos, o São Vicente 695; em 2016 o Clinicas internou 34.417 pacientes, o São Vicente internou 33.615. Em 2016 o Clinicas fez 3.725 partos o São Vicente 3.254; o Clinicas funciona às 24 horas do dia com 6.081 funcionários, o São Vicente funciona as 24 horas com 3.700 funcionários. O orçamento do Clinicas em 2016 foi, em números redondos, de 1 bilhão e 233 milhões de reais e a grana orçada pelo São Vicente nesse mesmo ano foi de 360 milhões.

Quer dizer, fazer mais com menos não é para qualquer um!

Não tem mágica nisso. O São Vicente, patrimônio dos gaúchos e referência em alta complexidade no sul do Brasil, modelo em gestão que busca máxima segurança do paciente, eficiente em gestão ambiental, exemplo em novos padrões de enfermagem é a resultante de extremo trabalho, esforço, dedicação, competência, ousadia;

Isto posto é vital assinalar: qualquer ação ou pessoa que possa empanar o HSVP deve ser extirpada com rapidez e precisão cirúrgica. Um que outro que tenha exorbitado e possa prejudicar a instituição deve ser eliminado. Temos certeza que a Policia Federal, hoje agindo com presteza em todo País, tem consciência disso e agirá nesse sentido com a máxima eficiência e rapidez!

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027