Vergonha alheia!

Trago dois fatos bem recentes para falar em vergonha alheia. O primeiro diz respeito aos rapazes alegres, que enlamearam a representação brasileira em Moscou. Dizendo melhor eles pioraram a nossa imagem pelo mundo. Falo daqueles torcedores que desrespeitaram uma moça russa, repetindo uma expressão abestalhada como eles mesmos, coisa que ela repetiu, sem saber o que queria dizer. Dá pra acreditar? E depois postaram em suas redes. Muito burros se pensaram que seriam aplaudidos. Claro que há inúmeras pessoas que acham isso bonito, mas não todos. Ainda bem!

Se a minha idade avançada me autoriza a dar um conselho, vou arriscar: Por favor, se você está pensando em viajar, não faça aquele estardalhaço em rodoviárias, aeroportos, restaurantes, shows, fazendo com que todo mundo saiba que você é brasileiro, por que pode não ser legal. Faça como as pessoas educadas e desloque-se com discrição, aproveite tudo como um cidadão do mundo faz. O mundo nos conhece! E escarnece desses brasileiros ridículos, misóginos e machistas. Esse episódio me fez vermelha de vergonha e cheia de dúvidas quanto à evolução de uma camada da humanidade.

O segundo fato que está provocando uma dor profunda em minha alma é o encarceramento de crianças por parte do governo Trump que, contrariando tudo o que conhecemos como civilização, ousa separar crianças de seus pais. Sem precisar falar em jaulas, a separação é algo tão cruel, que dificilmente haverá condições de elaborarem o sofrimento pelo qual estão passando. O choro pungente de pais e filhos retrata a importância de ficarem juntos, mesmo que em condições precárias. Perguntemos a uma criança se quer morar em uma mansão longe dos pais ou embaixo de uma ponte e com eles. A resposta é óbvia! Somos mamíferos e nosso comportamento é compatível com essa condição.

Crianças têm o cérebro infinitamente mais sofisticado do que o cérebro do cão. Um cão fica ao lado do dono em qualquer condição. A separação dos dois é causa de sofrimento enorme, coisa que se pode conferir quando o dono se ausenta ou morre. Imagina um bebê que ainda mama e tem como referência o cheiro da mãe. Quem ou o quê poderá compensar esse sofrimento de ser arrancado do colo? O sentimento maior que me assalta com este episódio é revolta, mas também nojo, também vergonha, muita vergonha.

Acredito firmemente que estamos evoluindo como humanidade, mas temos hiatos importantes a resolver. Enquanto algumas pessoas pensarem que são mais humanas do que outras, teremos que conviver com a arbitrariedade, a violência, o deboche. Há que alcançar esses meninos crescidos e mimados e dizer-lhes o quanto sentimos vergonha deles. Pode ser que algum deles nos ouça. Há que alcançar os que dizem ser mimimi a indignação que sentimos, dizendo-lhes que não, isso não é pouca coisa. Isso denigre um povo, ofende as mulheres e os homens em sua dignidade.

Quanto ao arremedo de presidente dos EUA, que ele saiba que está cavando um fosso do qual será difícil emergir. É impossível ignorar a estupidez de uma pessoa totalmente desqualificada para o cargo que Trump ocupa. Espero que o mundo observe e não repita o erro que o povo norte americano cometeu. Um momento de lucidez é o suficiente para que esse monstro reveja o crime que cometeu. O intuito dele com o feito é pífio, como tudo que faz. É pífio também ter que encontrar motivos tão baixos para se divertir. Pobre gente!

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027