Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Agro Diário

Panorama da Safra

Panorama da Safra
Foto: Divulgação

Com a colheita da soja praticamente concluída, o engenheiro agrônomo da Ematar Ascar, faz um balança da produtividade da safra 2014/2015 no Estado

O Engenheiro Agrônomo da Emater Ascar , Luiz Ataides Jacobsen, desenha o cenário da safra 2014/2015. No momento em que 95% da colheita já está concluída, Jacobsen fala das expectativas de produtividade. “Aqui na região nos estamos estimando algo em torno de 60 sacos por hectare. De 3.500 a 3.600 quilogramas por hectare”, explica. O engenheiro explica que a área de cultivo da soja é praticamente a mesma desde a década de 70, mas a produção aumentou consideravelmente.

Como está a colheita nesse momento?
Praticamente a colheita da soja na nossa região está toda colhida. Ainda temos alguma coisa no Estado do Rio Grande do Sul. Mas a nossa projeção é algo em torno de 95% já tenha sido colhido. Nós temos uma diferença grande em relação a alguns anos passados, por exemplo há 10 anos, o material é hoje mais precoce. Nós temos hoje uma disponibilidade muito boa de máquinas, então a colheita se dá muito rapidamente. Além do que, nós tivemos um período de colheita relativamente seco.

A expectativa era muito positiva desde o início da safra, ou pelo menos desde janeiro. Quanto está a média da produtividade por hectare na região?
Aqui na região nós estamos estimando algo em torno de 60 sacos por hectare. De 3.500 a 3.600 quilogramas por hectare, também com algumas variações pelo menso até esse momento. No Estado do Rio Grande do Sul chega a quase 3.000 quilos, nós temos aqui um rendimento um pouco superior até porque na região do sul do Estado foi afetada pela estiagem no final do ciclo da soja. Esse número que nós temos de 15 milhões de toneladas divulgadas pelo IBGE na semana passada, pode até que não se confirme na sua integralidade, mas deverá ficar muito próximo disso.

A produtividade é maior do que o ano passado ou se mantêm estável?
A produtividade será um pouco melhor, nós tivemos uma situação melhor, principalmente para a soja que foi plantada mais cedo, uma material de ciclo mais curto, nós tivemos uma situação mais favorável sim.

A alta da produtividade está relacionada com o aumento da área plantada ou a maior quantidade do produto?
Nós tivemos um incremento na área plantada que vem acontecendo gradualmente ao longo dos últimos anos e nós chegamos a mais de cinco milhões de hectares no Rio Grande de Sul em detrimento da área de milho que vem encolhendo a cada ano. Também veio uma mudança por parte da geografia que avançou pela região sul, inclusive no bioma pampa, e que estão tendo problema em função da estiagem. Mas os grandes ganhos no Rio grande do Sul tem sido em cima da produtividade, mas se nos formos fazer uma retrospectiva ao longo da nossa história lá dos anos 70 até agora a área cultivada é praticamente a mesma e nós dobramos a produção.

Como é possível fazer uma avaliação da variação cambial nessa safra?
No mercado internacional a referência da variação da soja no Brasil é a Bolsa de Chicago. Nós tivemos em abril do ano passado 33 dólares a cotação da bolsa de Chicago, e agora nos primeiros dez dias de abril tivemos a cotação de 21 dólares. Em termos de dólares tivemos uma variação negativa de aproximadamente 30%. Isso resultou um certo equilíbrio, se nós tivéssemos o mesmo câmbio do ano passado, que era na faixa de R$ 2,20 a R$ 2,30 nós estaríamos comercializando a soja hoje a R$ 43,00. Então, o câmbio colaborou tremendamente sobretudo em função dessa variação, dessa queda que nós tivemos no mercado internacional, fruto de uma safra de mais de 300 milhões de toneladas do grão no mundo, só os Estados Unidos colheram 108 milhões de toneladas. Então foi fundamental a desvalorização cambial para a remuneração do produtor.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027