Diário da Manhã

Saúde

Aspectos psicológicos são muito importantes para sucesso do tratamento

Autor: Daniel Rohrig
Aspectos psicológicos são muito importantes para sucesso do tratamento
Foto: Divulgação

Mais que uma mudança fisiológica, a cirurgia bariátrica exige mudanças no modo de pensar e agir dos pacientes, por isso o acompanhamento psicológico é essencial para o sucesso da cirurgia e manutenção dos resultados

O tratamento da obesidade é complexo por incluir aspectos físicos, emocionais e comportamentais. Muitas pessoas, após indicação médica, optam pela cirurgia bariátrica para tratar a obesidade devido aos satisfatórios resultados do procedimento, mas, ao fazerem isso, devem ter clareza as implicações psicológicas desta decisão.

A psicóloga Danusa Simas Bohm, que faz parte da equipe multidisciplinar da Clínica Digestiva, explica que é sempre indicada a avaliação psicológica dos pacientes que desejam passar pela cirurgia bariátrica devido os aspectos psicoemocionais  relacionados à obesidade e às mudanças que serão resultado do procedimento cirúrgico. “Não raro, o paciente que busca a cirurgia bariátrica projeta no procedimento a resolução de seus conflitos e problemas emocionais, já que muitos destes são as principais causas de seu sobrepeso”, revela.

Danusa esclarece que o papel do psicólogo no trabalho com pacientes que apresentam a obesidade é identificar modelos, padrões e comportamentos que cooperam para o paciente alcançar a obesidade. A partir disso busca-se reduzir sentimentos negativos  como humilhação, impotência, baixa autoestima, inferioridade e rejeição.

Na fase pré-operatória a psicoterapia tem a função de identificar os fatores contribuintes à obesidade, a relação que existe entre o paciente e o alimento (relação de ansiedade, de depressão, de satisfação ou prazer), além de preparar o paciente para as mudanças corporais, sociais e a relação que ele possui com o alimento. “É importante oferecer ao paciente um suporte para que ele faça o entendimento de seus comportamentos e encontre caminhos que lhe deixem mais seguro e em uma condição mais confiante para conseguir lidar com as mudanças e consequências da cirurgia”, destaca a psicóloga.

De acordo com Danusa podem ocorrer casos em que a cirurgia bariátrica não é indicada ou precisa ser adiada para que a pessoa passe por tratamento psicológico como para pacientes que fazem uso de drogas, alcoolistas, com demência, pacientes com quadros psicóticos, com risco de suicídio ou que possuem condições cognitivas e intelectuais comprometidas, o que prejudica o entendimento de aspectos importantíssimos relacionados à cirurgia, como possíveis riscos, cuidados a serem seguidos e o real significado da submissão ao procedimento.

O pós-operatório e a manutenção do peso

A psicóloga revela que, nos primeiros meses após a cirurgia, o paciente geralmente mostra-se bastante motivado em virtude das expectativas, dos estímulos positivos, dos elogios recebidos, já que a perda de peso é explícita neste período. “Porém com o tempo ele percebe que o organismo já pode receber os alimentos que antes faziam parte de sua vida, somado a isso, o apetite também aumenta e os problemas emocionais podem voltar a influenciar a relação que ele tem com o alimento”, diz. Isso tudo pode fazer que o paciente bariátrico volte a cultivar velhos hábitos e a  engordar. “Daí a importância do acompanhamento psicológico, pois o paciente precisa de orientação e suporte profissional para lidar com as dificuldades com a comida. Não menos importante é que ele encontre o real papel do alimento em sua vida, para que a relação entre eles ocorra da forma mais saudável possível, evitando danos à sua saúde e possíveis frustrações”, ressalta.

Objetivos do acompanhamento psicológico em pacientes bariátricos:

  • Manter sob controle as possíveis causas que ocasionaram compulsão alimentar.
  • Promover uma relação saudável do paciente com o alimento, impedindo que ele projete na comida a "solução" para o seu conflito (ansiedade, angústia, depressão);
  • Adaptar o paciente a sua nova vida e aos novos hábitos alimentares.
  • Promover adesão ao tratamento.
  • Manutenção do peso após a perda desejada.

 

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027