Diário da Manhã

Meio Ambiente

Análise de retirada de árvores da ERS 142 será encaminhada ao Daer

Autor: Rodolfo Sgorla da Silva
Análise de retirada de árvores da ERS 142 será encaminhada ao Daer
Divulgação

Marina Fatima Trennepohl Crestani, vereadora nãometoquense à frente da proposta, afirma que o objetivo é dar mais segurança a quem trafega na rodovia

Uma proposta gerou repercussão em Não-Me-Toque na última semana. A ideia, levantada pela vereadora Marina Fatima Trennepohl Crestani, a Neca, é retirar árvores localizadas nas proximidades das margens da ERS 142, no trecho entre Carazinho e Não-Me-Toque.

De acordo com a parlamentar, a ideia surgiu a partir de uma solicitação do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), órgão estadual responsável pela rodovia e com o qual os municípios de Carazinho e Não-Me-Toque mantêm um convênio de parceria.

A partir da solicitação do Daer, Não-Me-Toque fez um levantamento das árvores existentes. “Os servidores do setor de Meio Ambiente fizeram esse estudo, que aconteceu de Não-Me-Toque até a divisa com Carazinho. O levantamento contabilizou 10 mil árvores e indicou que 876 deveria ser cortadas, todas exóticas”, explica Neca.

De acordo com a vereadora, quem dá a palavra final sobre a questão é o Daer. “Vamos levar esse mapeamento até o Daer, que fará uma nova visita ao local com seus técnicos e o Daer é que decidirá quantas e quais árvores serão cortadas. O objetivo dessa retirada é dar mais segurança aos usuários da rodovia. Uma saída de pista pode se tornar um acidente grave caso ocorra uma colisão com uma árvore próxima à via”, relata.

Protesto

A ideia de retirar árvores das margens da rodovia gerou repercussão em Não-Me-Toque. Um protesto foi organizado nas redes sociais e chegou a contabilizar mais de 500 adesões em um abaixo-assinado.

Os manifestantes eram contrários devido ao que consideravam um impacto ambiental com o corte das árvores. “Sabendo de toda a polêmica, conseguimos uma parceria em que, para cada árvore retirada, outras duas serão plantadas em outro local. De todo modo, a definição sobre quais árvores serão retiradas cabe totalmente ao Daer”, cita a vereadora.

Madeiras

Neca afirma que já há uma definição quanto ao uso das madeiras resultantes das árvores retiradas. “Pelo convênio existente, 70% da madeira fica para Não-Me-Toque e 30% para o Daer. Esse montante destinado ao município será usado na construção e reforma de moradias para pessoas carentes e também em outras obras”, finaliza.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027