Diário da Manhã

Agro Diário

Milho poderá recuperar espaço este ano

Autor: Sereno Azevedo
Milho poderá recuperar espaço este ano
Foto arquivo DM

Depois de décadas tendo área cada vez menor destinada ao plantio tendência é que safra 2018/2019 tenha incremento no plantio

O preço médio de R$27,00 pago ao produtor por uma saca de milho vem comprometendo o volume de comercialização do cereal. De acordo com o agrônomo da Coagril do município de Chapada, Mauro Rohr, o agricultor tem expectativas de uma reação que possa elevar o preço a valor acima dos R$ 30,00 a saca. “O valor de mercado de comercialização somado as safrinhas do Mato Grosso, que puxam o preço para baixo em função da produção do grão, desestimulam a plantio do milho em nosso estado. Informações apontam que este ano o Rio Grande do Sul plantou a menor área do cereal desde 1986. Vejam, na época ainda se plantava de forma mais convencional, sem a tecnologia de hoje”, comenta o agrônomo.

Segundo Mauro, existe uma preocupação técnica com a redução de campos plantados com milho, que é extremamente importante na preservação do solo pela rotatividade das culturas de verão. “Não podemos ficar apenas com a soja. Precisamos colocar sementes de milho no solo, para produção do grão ou até mesmo silagem”, explica o agrônomo.

Conforme Mauro, como ocorreu um contratempo no Mato Grosso que atrasou o plantio da atual safra de soja a tendência é que haja também problemas na hora da semeadura do milho safrinha deste ano. “Se isto acontecer, poderemos ter uma redução de safra do cereal no Mato Grosso, o que acarretará em menos produto no mercado, fato que pode ajudar a elevar os preços do milho. Se isto acontecer, certamente o agricultor vai plantar mais milho este ano para a safra 2018/2019. A que vamos colher é a safra 2016/2017”, salienta.

Ele lembra que são praticamente 30 anos que a cada período se reduz o espaço do milho nos campos do estado gaúcho. No município, segundo o agrônomo, o cereal a exemplo de outras regiões está no caminho do desparecimento dos mapas de produção de grãos. “Tomara que haja uma recuperação nos preços e o produtor volte a ficar estimulado a plantar milho, tanto para a comercialização como para a questão técnica de preservação do solo,” concluiu.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027