Geral

Conforto aos clientes

Autor: Matheus Moraes
Conforto aos clientes
Foto: Matheus Moraes / DM

Pesquisa revela que 52% dos consumidores já desistiram de comprar por falta de opção de estacionamento. Em Passo Fundo, empresa aposta em vagas próprias e acredita em tendência mercadológica

Uma pesquisa sobre mobilidade urbana realizada em todas as capitais brasileiras pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apresentou que 52% dos motoristas já desistiram de realizar alguma compra por não ter opção de estacionamento. De acordo com o estudo, os brasileiros dizem estar insatisfeitos com a qualidade de transporte público, além da dificuldade de efetuar compras em lojas de difícil acesso.

Não encontrar um local para estacionar quando o objetivo é ir às compras é um problema para os 1,5 mil brasileiros entrevistados na pesquisa. Essa necessidade de localizar vagas e oferecer praticidade ao cliente foi o que o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Passo Fundo, Ary Rabello, planejou na década de 1990, quando solicitou a criação do estacionamento rotativo na cidade em conjunto do poder público municipal. “Nós criamos isso porque sabíamos da importância e da efetividade do estacionamento rotativo pago. Com ele, facilita para o consumidor, pro comércio e para a cidade, sem ficar rodando, procurando uma vaga e interrompendo o trânsito”, afirma.

Embora acredite que o estacionamento rotativo funcione de forma satisfatória no município, Rabello lembra o crescimento da frota de veículos no Brasil, o que aumenta o número de carros para as vagas já determinadas na cidade. “Nós acompanhamos e analisamos que o estacionamento rotativo vai bem, sobretudo, com implantação do aplicativo nos smartphones, que os fiscais monitoram. Com o IPI reduzido, aumentou a frota e muitas vezes não têm vaga suficiente para os veículos. Por isso acreditamos na eficiência da rotatividade, que é muito importante”, acrescenta.

Na região, já existem empresas que planejam maior conforto ao cliente com oferecimento de estacionamento coberto de seus estabelecimentos. Um dos exemplos é o das Farmácias São João, que possui vagas para os clientes numa loja na Rua Fagundes dos Reis, em Passo Fundo. De acordo com o diretor comercial da rede, Marco Machry, oferecer esse tipo de facilidade é uma tendência mercadológica. “Facilidade, agilidade e conforto são exigências dos clientes atualmente. Lojas com estacionamento privativo são uma tendência de mercado. Daqui alguns anos, a maioria das lojas terá que se adaptar a essa exigência”, pontua.

O diretor comercial das Farmácias São João relata, ainda, que a decisão de compra é definida nesses pequenos detalhes. “Nós já identificamos que essa facilidade se tornou um diferencial quando o cliente decide pela compra. Por isso, nossos projetos de lojas futuras são focados em pontos que oferecem espaço para a instalação de estacionamento aos clientes em compras”, destaca Machry. A afirmação está entrelaçada ao constatado na pesquisa do SPC Brasil: sete em cada dez (69%) das pessoas motorizadas relataram dar preferência a centros comerciais que oferecem estacionamento próximo ou nas imediações.

Lojas devem se preocupar com acessibilidade

O estudo também buscou compreender como implementações no sistema de mobilidade nas grandes cidades podem gerar ganhos de acessibilidade, comodidade, segurança e até aumentar o fluxo de pessoas até a porta das lojas. Segundo a pesquisa, em cada dez consumidores, seis (57%) dão preferência a compras onde há acesso adequado para pedestres, ciclistas e passageiros de transporte público e 78% defendem que as lojas e demais estabelecimentos comerciais se preocupem com a inclusão de consumidores que possuem algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida.

Além da acessibilidade, a segurança é outro fator fundamental que pesa para o brasileiro na hora das compras. Para 73% dos entrevistados, sentir-se protegido no estabelecimento é prerrogativa básica, sendo que 56% se sentem mais seguros ao fazer compras dentro de shopping centers do que em lojas do comércio de rua. A pesquisa foi realizada SPC Brasil e pela CNDL em parceria com o IBOPE e ouviu 1.500 consumidores em todas as capitais. A margem de erro é de no máximo 3,0 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027