Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Geral

“O patrocínio que é a maior dificuldade”

Autor: Édson Coltz - Victor Ferreira
“O patrocínio que é a maior dificuldade”
Foto arquivo DM

Coordenação do Festival de Folclore aponta dificuldades na obtenção de recursos. Evento cultural está marcado para ocorrer em agosto

Mais do que propiciar momentos de descontração, a arte contribuí para a propagação da cultura e acaba por ter cunho educativo quando apresentada à populações de outras regiões. Esse é um dos objetivos do Festival Internacional de Folclore de Passo Fundo, que ocorre a cada dois anos. Mas para isto acontecer, existe um longo caminho de preparação, envolvendo a busca por voluntários e, principalmente, recursos.

O presidente do Festival de Folclore, Paulo Dutra, revelou que já foi adquirido aproximadamente 50% da captação de verbas, cerca de R$ 688 mil, e já foram visitadas mais de 80 empresas. “Estamos bastante ansiosos por que precisamos desse dinheiro e desses patrocínios, e não seria um gasto da empresa, seria um investimento. Se o governo autorizar, ao invés deles pagarem impostos para o governo, eles pagam pra nós este percentual e depois abatem no imposto de renda”, explica. A maior dificuldade para a realização do Festival de Folclore deste ano, segundo o Paulo Dutra, é justamente a arrecadação de dinheiro. “O trabalho a gente não tem medo, nós já estamos há 26 anos no Festival, temos o apoio da comunidade neste sentido. O patrocínio que é a maior dificuldade”, falou o presidente.

Paulo Dutra afirmou que já são 14 grupos confirmados e outros ainda estão em negociações. “Já faz um ano que estamos em contato com estes grupos, mas eles dependem de seus recursos para vir, as passagens até o Brasil são por conta deles, nós só pagamos as despesas daqui, que é a alimentação, hospedagem à estrutura que oferecemos”.

Destaque à inclusão

Neste ano, os organizadores denominaram como o Festival da inclusão, pois serão duas noites especiais dedicadas as pessoas com deficiência auditiva e deficiência visual, com interpretes de libras e com descrição audiovisual. Passo Fundo também irá receber um grupo da Colômbia, formado por portadores da síndrome de Down.

Programação

O Festival tem abertura a partir do dia 17 de agosto e encerra no dia 25, no parque da gare. A Venda de ingressos começa no dia 13 de agosto, das 13h até 19h, no local do evento. Os ingressos inteiros terão o valor R$15,00 e a meia entrada será R$7,50, somente na abertura e no encerramento que será R$20,00 o ingresso inteiro e a meia entrada terá o valor de R$10,00(meio ingresso para estudantes com carteira de estudante e pessoas acima de 60 anos com identidade). Para saber como ajudar é possível entrar em contato com a organização que atende pelo número (54) 3045 1415 ou pelo e-mail [email protected]

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027