Esportes

Árbitro de vídeo, polêmica da Copa

Autor: Kleiton Vasconcellos
Árbitro de vídeo, polêmica da Copa
Foto Kleiton Vasconcellos/ DM

Inovação imposta pela FIFA tem gerado dúvidas em lances na maioria dos jogos. Mesmo assim, para representante da entidade em Passo Fundo, tecnologia veio para ajudar

Primeiro foi o jogo entre França e Austrália, onde todos os três gols marcados tiveram confirmação ou marcação através da ajuda de vídeos. Depois, os lances na partida entre Brasil e Suíça, com boa parte dos torcedores brasileiros reclamando falta em Miranda. E ainda teve expulsão na estreia da Colômbia. Tudo passou, por certa forma, pelo árbitro de vídeo, novidade da FIFA para a Copa do Mundo que ocorre na Rússia. E as dúvidas permaneceram.

Para tanto, vale algumas observações. Ouvimos a maior autoridade no quesito apito para saber como pode ser avaliado o uso, até aqui, do árbitro de vídeo na Copa do Mundo. Convocamos Paulo Roberto Bibiano, que é delegado da Federação Gaúcha de Futebol, Confederação Brasileira de Futebol, Conmebol e FIFA em Passo Fundo e região. Para ele, o árbitro de vídeo é positivo, mas requer melhorias em sua utilização. “A tecnologia no esporte vem para ajudar. Mas a utilização do árbitro de vídeo está meio atrapalhada e acho que não está plenamente aprovada. Esse teste na Copa será fundamental para a utilização no restante da temporada” disse Bibiano.

Segundo o protocolo da FIFA, o árbitro de vídeo é quem deve, em questão de segundos, alertar ao árbitro de campo sobre lances ocorridos nos jogos. “Quem tem que alertar sempre é o árbitro de vídeo. É ele quem interpreta e chama o árbitro de campo. Naquele lance do Miranda, o árbitro de vídeo considerou o lance legal” explicou Bibiano.

Outra observação importante: o jogador não pode pedir consulta ao vídeo. “É determinação. O jogador não pode pedir para o árbitro de campo olhar o vídeo nem o telão. Se fizer isso, pode sim até levar o cartão amarelo” completou. Foi, por exemplo, a postura adotada pelos brasileiros logo após o gol da Suíça, no domingo, em Rostov.

Quanto aos árbitros de campo, a avaliação de Paulo Roberto Bibiano é positiva. “Não deu problema com árbitro nenhum. Há respeito entre jogadores e arbitragem, os jogadores estão reclamando pouco e, pelo trabalho, os árbitros estão com o jogo na mão. Isso é importante para o bom andamento das partidas” concluiu o delegado.

CBF reclamou

Entendendo prejuízo na arbitragem do mexicano Cesar Ramos, a CBF enviou à FIFA uma carta exigindo explicações quanto às decisões. A FIFA, através de comissão de arbitragem, respondeu dizendo que analisou todas as imagens e nada de errado foi detectado.   

A opinião, segundo Paulo Roberto Bibiano

Falta em Miranda: “Lance interpretativo. Nem o árbitro de campo, nem o de vídeo viram falta. Lance normal”.

Pênalti em Gabriel Jesus: “Não foi pênalti. Gabriel sente a presença do zagueiro e desaba. Lance normal”.

Gol de Senegal: “O jogador Niang, que faz o gol, estava fora do campo e sua entrada foi autorizada pelo árbitro. Lance normal”.

Expulsão de Sánchez, da Colômbia: “A bola ia em direção ao gol. Está na regra. Mão na bola, nesse caso, é expulsão. Lance normal”.

Gol da Colômbia: “A bola cruza a linha e o chip da bola alertou ao árbitro. Lance normal”.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027