Polícia

Polícia investiga participação de dois suspeitos na morte de adolescente

Autor: Redação Diário da Manhã
Polícia investiga participação de dois suspeitos na morte de adolescente
Foto: Reprodução/ arquivo pessoal

Fato ocorreu na tarde desta quinta-feira (21)

Nathan Schultz 
[email protected]

A Polícia investiga a morte da adolescente Clara Rodrigues de Souza, de 16 anos, encontrada violentamente agredida dentro de casa. O fato ocorreu na tarde desta quinta-feira (21), na Rua Humberto Lampert, no Bairro Vila Rica, em Carazinho. A vítima estava sozinha na residência no momento em que foi encontrada.

Conforme o boletim de ocorrência registrado no Plantão da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), os PMs foram acionados para atender a ocorrência, por volta das 15h15, através da Sala de Operações (SOP) 190, por uma vizinha da vítima que a encontrou ferida e desacordada. A adolescente chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e após foi encaminhada ao Hospital de Caridade de Carazinho (HCC), mas não resistiu e veio a óbito no setor de emergência do hospital.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, os policiais encontraram a vítima caída no local, seminua, vestindo apenas uma blusa. Segundo a Polícia Civil, havia bastante sangue no interior da residência e o local estava bastante bagunçado, apresentando sinais de luta corporal.

No local, foram recolhidos pela perícia um espeto de alumínio sem cabo e medindo aproximadamente 75 cm, um pedaço de cabo de espeto com marcas de sangue, além de uma faca tipo de pão com cabo branco e medindo aproximadamente 20 centímetros de lâmina.

O corpo da adolescente foi encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal (IML). O laudo deve apontar a causa da morte e a maneira em que ocorreram as agressões. O fato foi registrado como Homicídio Doloso. A investigação está a cargo da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. O sepultamento está marcado para amanhã às 15h.

Investigação

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a morte da adolescente e ainda não definiu nenhuma hipótese sobre o que aconteceu na cena do crime até o momento. De acordo com a polícia, a vítima era estudante do primeiro ano do ensino médio e não possuía nenhum tipo de antecedente, envolvimento com drogas, ou problemas na escola.  Em depoimento à polícia, a mãe de Clara disse que a adolescente não tinha namorado e nem relatou estar sofrendo algum tipo de ameaça. O pai da adolescente saiu hoje, 21, do presídio de Carazinho, onde cumpria pena por roubo, entretanto, a mulher disse que os dois eram separados, mas mantinham uma boa relação. Até o momento, a Polícia Civil não havia o encontrado para informar sobre a morte da filha. A mãe, que trabalha em um supermercado de Carazinho, disse que falou pela última vez com a filha por volta das 12h55.

A Polícia investiga a participação de dois suspeitos que foram vistos, segundo uma vizinha, saindo do pátio da residência, momentos antes da adolescente ser encontrada. A perícia não encontrou na casa o aparelho celular da adolescente. A vítima estudava de manhã e ficava sozinha em casa no turno da tarde. Este é o sexto caso de morte violenta registrado em 2018 no município de Carazinho.

 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027