Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Cultura

Oportunidade de descobrir e lapidar novos talentos

Autor: Isabella Westphalen
Oportunidade de descobrir e lapidar novos talentos
Lucas Lopes salienta a alegria que é retomar o FESCA (Foto: DM/Isabella Westphalen)

A retomada do FESCA neste ano é caracterizada como “um sonho realizado” pela SMEC, que acredita que o Festival, marcado para a outubro, tem tudo para surpreender positivamente a comunidade

A iniciativa de retomar a realização do Festival Estudantil da Canção de Carazinho – o FESCA – foi uma das prioridades da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) neste ano. E deu certo. Marcado para acontecer de 24 a 26 de outubro, o Festival esse ano, além de envolver alunos das redes municipal, estadual e privada, também abre espaço para os carazinhenses que já estão na universidade.

Em fase de preparação, de acordo com o secretário da pasta, Lucas Lopes, o regulamento do Festival já foi enviado para todas as instituições de ensino e o próximo passo é a realização das seletivas em cada uma, afinal, as vagas para a participação são limitadas. “Já existia essa cobrança pelo FESCA desde o início do ano, então, agora os alunos estão se preparando para as seletivas, afinal tem uma vaga para cada categoria, em cada escola, e seis vagas em cada universidade”, relatou Lopes, que acredita que pela estrutura que estão preparando, e a abertura para a categoria universitária, o engajamento da população vai ser ainda maior do que nos outros anos.

- O FESCA é uma oportunidade de lapidar, descobrir novos talentos na área musical e nós temos um olhar diferente para a área da cultura na cidade, sabemos o quão importante é a valorização desses talentos locais – ressaltou o secretário, que desde sempre atuante e olhando de perto a educação, afirma que é muito bom ver a mobilização dos alunos ao redor do Festival e que, apesar de ainda não ter um número certo de quantos alunos participam das seletivas nas escolas, ressalta que comparado a outras edições, certamente serão mais de 10 apresentações por noite. “A gente percebe a mobilização, que está maior do que nos outros anos. Vão ter surpresas com certeza, vai ser ótimo”, complementou Lopes.

“É uma sensação muito boa, dar essa oportunidade aos jovens. É tão importante quando a gente tem a chance de mostrar nosso trabalho e talento, independente da área, então, ficamos felizes em poder retomar o FESCA” - Lucas Lopes

Trabalhando para que as coisas aconteçam

Além do empenho dos alunos em fazer bonito no festival, o secretário afirma também que toda a equipe da Smec abraçou a volta do FESCA, e outras tantas ideias, atribuindo ao trabalho em conjunto o sucesso. “A equipe da Secretaria abraça as ideias e o pessoal trabalha muito para que as coisas aconteçam”, relatou Lopes.

A coordenadora do departamento de cultura, Silvana Freitas de Souza, diz sentir que o engajamento é grande em relação ao Festival, e que essa movimentação vem sendo sentida já há algum tempo. “O FESCA é realmente um festival esperado pelos alunos, então eles se preparam o ano todo, já recebemos o retorno de universitários interessados também, então, a gente sente essa vibração para que dê certo”, relatou Silvana, que afirma que a expectativa para o dia das apresentações é maravilhosa. “Nosso sonho era retomar o FESCA. Esperamos que o Festival cresça e que no ano que vem a gente tenha ainda mais novidades em relação a ele”, frisou a coordenadora.

Novo formato

Neste ano, além do local ser mais amplo, afinal, o FESCA irá acontecer no espaço Rancho Bier, da Bier Site, contar com a categoria dos universitários, também existe a novidade da banda que irá auxiliar nas apresentações, que será a mesma para todos os participantes, pensando na padronização e qualidade. “A gente quer deixar isso melhor estruturado para eles, então, decidimos contratar uma banda única para todos. Podem ser apresentações em duplas, trios, enfim, como preferirem, mas a banda é a mesma”, explicou o secretário.

O evento é aberto ao público, gratuitamente, e a expectativa é que a mobilização da comunidade seja maior esse ano. “Particularmente estou ansioso para ver, porque realmente acompanhei desde a primeira edição do Festival, então, a gente vê esse encantamento, como se preparam, é bem gratificante”, relatou Lopes.

Quando questiono sobre os talentos em Carazinho, Lopes é seguro em dizer que temos muitos jovens talentosos e que só precisam de incentivo. “É nessa oportunidade de se mostrar que se revelam grandes talentos, tenho certeza que esse ano a gente vai surpreender ainda mais”, comentou o secretário.

Inovação

Para Lopes, eventos como o FESCA tornam o ambiente escolar até mais atrativo, pois o método tradicional da sala de aula precisa de inovação na sua metodologia, trazendo coisas diferentes e novas experiências. “Se a gente não inovar o processo de ensino pedagógico, a gente não consegue atrair esse jovem. Às vezes, aquele aluno que não tem muito interesse na aula acaba se revelando em oportunidades como essa, com algum talento artístico”, explicou o secretário.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027