Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Cultura

História na arquitetura

Autor: Édson Coltz - Rebecca Mistura
História na arquitetura
Foto Divulgação

O resgate da função e influência dos prédios que montam o cenário da Morom é mais uma forma de preservação da memória

Em julho de 1994, o prédio do antigo Banco da Província foi tombado patrimônio histórico em Passo Fundo. Localizado na Rua Morom, esquina com a Rua Bento Gonçalves, o nº 518 abrigou a sede passo-fundense do primeiro banco comercial do Rio Grande do Sul. Construído em 1922 pelo construtor João de Cesaro, o prédio atualmente é casa do Banco Itaú e, por lei, só pode ter suas características modificadas em nome da preservação de sua estrutura arquitetônica ou para restauração do seu aspecto original. O prédio é um dos que contribuem para a paisagem histórica da cidade e da Rua Morom, contando com uma preservação estética que não deixa morrer as lembranças do percurso ao transportar os observadores de volta ao início do século XX.

O prédio está diretamente ligado ao desenvolvimento econômico das elites municipais e ao crescimento e modernização de Passo Fundo. A localização contribuiu para que os pontos de comércio se desenvolvessem próximos ao prédio, e até hoje outras agências têm suas sedes próximas ao antigo Banco. O centro financeiro foi instalado na cidade em 1912, inicialmente na antiga Rua do Comércio (Avenida Brasil), esquina com a Rua Dez de Abril. O advogado Jabs Paim Bandeira, em contribuição ao Projeto Passo Fundo, conta que a mudança para o atual local aconteceu dez anos depois, inaugurando em 06 de setembro de 1922, onde operou durante cinquenta anos. Na década de 50, a agência funcionava com somente 25 empregados: 21 homens e 4 mulheres.

O arquiteto Marcos Frandoloso comenta que nos anos 80 – então com novos proprietários – foi realizada uma ampliação, indo de encontro ao crescimento comercial da região, influenciado principalmente pela ferrovia, que passava pela Morom. “Na verdade o edifício, como percebemos hoje, nem todo ele é original”, explica. “De acordo com uma concepção de arquitetura daquela época, ele foi ampliado seguindo as mesmas características, por isso é difícil visualizar exatamente o que é original e o que é a ampliação”. De acordo com Frandoloso, esse tipo de intervenção nas arquiteturas originais não é mais realizado. “Fazemos um processo chamado de contextualização do edifício, que é verificar o que era o prédio original e como ele foi ampliado”, aponta. O formato arquitetônico da época, que ainda se mantém presente na fachada, remete ao final do século XIX, em um formato que Bandeira se refere como neoclássico, uma mistura do novo com o antigo.

À época, as transações comerciais eram feitas através de duplicatas, espécie de comprovante da negociação, e os empréstimos feitos muitas vezes baseado na confiança, sem nenhum tipo de documento, valendo apenas a honra da palavra dos negociantes, chamada de “fio do bigode”. O advogado ainda relembra uma grande greve dos bancários, entre as décadas de 50 e 60, em que os funcionários paralisaram suas atividades durante vinte dias e fizeram passeatas na cidade reivindicando aumento nos salários. Mais tarde, o Banco da Província então mudou para o prédio ao lado onde funcionava o Banco Industrial, na Rua Bento Gonçalves. Em 1989, passou a pertencer ao Santander. Mais tarde, o antigo prédio foi comprado pelo banco Itaú, permanecendo até hoje. 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027