Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Saúde

Ação contra o mosquito

Autor: Anderson Favero
Ação contra o mosquito
Foto: Divulgação

Após registro de caso de dengue no bairro Alvorada, equipe da Vigilância Epidemiológica realizou um bloqueio mecânico na região onde o paciente reside

O mês de agosto começou preocupante para a Vigilância Epidemiológica de Carazinho. O caso de dengue confirmado na última quinta-feira, dia 2, movimentou o setor e deixou a cidade em alerta. Na ocasião, um homem, que não teve sua identidade revelada, teve o diagnóstico da doença confirmado a partir de exames realizados no Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS), de Porto Alegre.

- Trata-se de uma pessoa que contraiu a doença durante uma viagem a Natal, no Rio Grande do Norte. Ao retornar a Carazinho, inicialmente, achamos que ele pudesse estar com chikungunya, porém, com o resultado do exame do Lacen constatamos que se tratava de dengue – explica André do Prado, coordenador do Programa Municipal de Combate a Dengue no município.

Morador do bairro Alvorada, o homem com dengue foi tratado, teve a doença controlada e já está bem de saúde. Apesar disso, a Vigilância Epidemiológica, por precaução, tomou algumas medidas no entorno da residência em que o homem reside.

- É importante salientarmos que se trata de um caso isolado e que não foi infectado dentro de nossa cidade. Entretanto, para evitar o contágio de outras pessoas, tivemos que fazer um bloqueio mecânico ao redor da residência, que consistiu na remoção total de depósitos de água parada. Além disso, na segunda-feira, realizamos um bloqueio químico no entorno da residência, com pulverização e uso de adulticida – explica Márcia Smaniotto, coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Carazinho.

O temor da Vigilância, nesse caso, era de que um mosquito pudesse picar o homem infectado e transmitir a doença a outros moradores do bairro.

Precaução nunca é demais

Nesse contexto, Maria Emília Diehl, supervisora de campo de combate às endemias, reforça o apelo para que a população continue colaborando com o combate ao mosquito Aedes aegypti (transmissor da doença), eliminando o lixo presente nas ruas e pátios.

- A população, mais uma vez, deve ser nossa parceira nesse mutirão contra a dengue, excluindo qualquer recipiente que possa armazenar água, desde grandes vasilhames até pequenas tampinhas de garrafa. Ou seja, é preciso eliminar todo o lixo acumulado em ruas, praças e jardins porque com a chuva eles se tornam criadouros do mosquito – acrescenta.

No município, a Vigilância Epidemiológica conduz o ano todo o trabalho de controle da dengue. A ação acontece mensalmente quando equipes circulam em todos os bairros da cidade verificando possíveis focos do mosquito e colhendo amostras de larvas para pesquisa. “Excetuando esse caso, em Carazinho, a dengue felizmente está sob controle, assim como a chikungunya e o zika vírus”, pontua Maria Emília.

Casos no estado

No Rio Grande do Sul, de acordo com o último Informativo Epidemiológico de Arboviroses, divulgado em maio pela Secretaria Estadual de Saúde, foram registrados 459 casos suspeitos de dengue nos primeiros cinco meses de 2018. Destes, 10 casos confirmados foram importados, 355 descartados e 51 ainda aguardavam investigação na época em que o estudo foi apresentado.

No país inteiro, entre 31 de dezembro de 2017 e 9 de junho de 2018, foram registradas 62 mortes por dengue, segundo um boletim do Ministério da Saúde divulgado no início de julho. Pela amostragem, a região Sul apresentou o menor índice de casos, com 1,4% do total registrado no Brasil. Nesse contexto, a região Centro-Oeste do país apresentou o maior número de casos prováveis de dengue, com 37,5%.

 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027