Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Esportes

Derrota não abala a confiança no Grêmio

Autor: Kleiton Vasconcellos
Derrota não abala a confiança no Grêmio
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Mesmo que tenha perdido para o Estudiantes na Argentina, uma vitória simples, por 1x0, garante o Tricolor na sequência da Libertadores

Embora carregasse consigo um belo retrospecto de não sofrer derrotas em jogos de ida nas fases eliminatórias desde 2016, o Grêmio acabou batido na terça-feira (07). Jogando em Quilmes, o Tricolor perdeu para o Estudiantes por 2x1 e sai em desvantagem nas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

A partida teve dois tempos bem distintos. No primeiro, o Estudiantes soube bloquear o Grêmio e abriu 2x0, gols de Apaolaza e Campo. Mas Kannemann, aos 43min, descontou para o Tricolor. Que, então, partiu com tudo no segundo tempo. Mesmo que tenha tentado, não conseguiu furar o bloqueio argentino.

Na visão do técnico Renato Portaluppi, o Grêmio começou muito mal o jogo. “Deu um apagão, digamos assim, na nossa equipe nos primeiros 15, 20 minutos. Depois começamos a controlar as coisas e fizemos o gol no final, o que nos deu uma tranquilidade. No intervalo, corrigi algumas coisas e passei confiança. Um gol fora vale bastante. Temos mais 90 minutos e a história vai ser outra”, disse o treinador, lembrando que triunfos por 1x0 ou por dois ou mais gols de diferença garantem a equipe nas quartas de final da Libertadores.

Diante do quadro, a reportagem do Jornal Diário da Manhã ouviu três ex-jogadores do Grêmio para saber como avaliar a atuação em Quilmes e se tal resultado pode ser revertido dia 29, na Arena. Dois deles (Mauro Galvão e George Lucas) jogaram Libertadores pelo Tricolor – o zagueiro esteve em campo nas campanhas de 1996, 1997 e 2002, enquanto o lateral atuou na competição em 2003. Confira:

Mauro Galvão, zagueiro em 1996-1997 e 2000-2002

“O jogo contra o Estudiantes era aquilo o que se esperava: um adversário difícil. Brasil e Argentina são os mais fortes na Libertadores, não apenas na qualidade, mas também na entrega, sempre buscando muito conquistar o título. Sempre é perigoso encarar um argentino. O Grêmio foi envolvido, não só pelo futebol, mas também pelo clima do jogo e acabou sofrendo a derrota. Mas mesmo com essa derrota, o fato do Grêmio ter marcado um gol fora de casa ajuda bastante. A equipe tricolor tem a possibilidade de reverter o resultado em Porto Alegre. Certamente a Arena vai lotar e o torcedor vai empurrar o time para obter a vitória. Não vai ser fácil, porque os times argentinos também sabem jogar fora de casa. Mas existe sim toda a possibilidade para o Grêmio reverter essa derrota”.

George Lucas, lateral entre 2002 e 2006

“O Grêmio estava bem até levar o gol. Sofreu o gol, teve uma desestabilizada e sofreu o segundo. Conseguiu melhorar um pouco, embora a baqueada, para fazer o seu gol antes do intervalo. Isso foi importantíssimo, pois você ir para o intervalo com 2x0 e 2x1 muda muita coisa. Aquele gol deu um novo ânimo para o Grêmio, que foi muito melhor no segundo tempo. Dominou todo o restante do jogo, merecia até o empate. Acabou não acontecendo. Também acho que o Grêmio acabou caindo um pouco na catimba deles. E acho que aqui vai ser diferente. Os argentinos vão estar atrás do meio-campo, espero uma retranca daquelas, com eles apostando no contra-ataque, os 11 à frente da área. Acho que o Grêmio é forte, tem sido muito forte na Arena. É uma Liberadores, tem a torcida, tudo o que envolve. Não vai ser fácil, mas acredito que o Grêmio vá passar sim de fase”.

Edinho Recife, atacante da base em 1996

“Jogar na Argentina é difícil, mas creio que o Grêmio vá se classificar sim para as quartas de final da Libertadores. O Grêmio tem a melhor equipe atualmente e com a volta do atacante Everton Cebolinha, o time ganha muito em campo. Só que o Renato erra ao alimentar os adversários com suas declarações. No momento, falta um pouco de humildade ao Renato. Teria que falar menos e trabalhar para obter a vitória na Arena”.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027